História - Coopatos
Conecte-se
  • Requeijão Cremoso
  • Quack
NOSSAS MARCAS

COOPATOS / HISTÓRIA

Início das Atividades
Fundada no ano de 1957, a Cooperativa Mista Agropecuária de Patos de Minas (COOPATOS) nasceu com o objetivo de defender os interesses dos seus 76 sócios-fundadores, por meio da venda em comum da produção e do fornecimento de bens de consumo, de insumos e de equipamentos.

Tudo começou em um imóvel, situado à Rua Major Gote, com a instalação de uma loja para fornecimento de produtos e para a administração. Foi, inclusive, nessa época que o desenvolvimento contínuo passou a ser uma das características da cooperativa, já que com apenas um ano de atividades ela adquiriu armazéns na mesma Rua Major Gote, com o intuito de armazenar, de beneficiar e de comercializar a produção de grãos dos cooperados.

Graças ao grande empenho da família cooperativista, o ano de 1964 ficou marcado pela aquisição do terreno para a construção do Laticínio em Patos de Minas. As obras foram iniciadas dois anos depois e as ampliação nos anos de 1972 e 1974.

Em 1975 a COOPATOS iniciou a distribuição do leite pasteurizado envasado e em 1976 ela realizou uma nova ampliação da estrutura da sua Indústria, bem como a transferência da loja e da administração para a Rua Major Gote. Desse momento até o final da década de 70, as atividades da cooperativa expandiram-se ainda mais e, por essa razão, em 1979 foi criado o Departamento de Assistência Técnica.

Década de 80

Em 1980 foi iniciada a instalação de uma loja em Guimarânia, foi investido na comercialização de máquinas e foi instalada uma loja à Rua Major Gote, com oficina anexa para assistência mecânica. No ano seguinte a cooperativa construiu um Posto de Recepção de Leite e montou uma loja em Lagoa Grande, que hoje é um município emancipado de Presidente Olegário. Em 1982, as atividades da cooperativa continuaram a se expandir, com a aquisição dos armazéns da CASEMG, situados à Rua Rui Barbosa. Ainda nesse ano, foi construído e instalado o Supermercado à Rua Major Gote.

Já no ano de 1983 aconteceu a transferência da matriz e da administração da cooperativa para a Rua Rui Barbosa e no ano de 1985 mais uma loja foi aberta, mas dessa vez em Presidente Olegário. No mesmo ano, dois enormes passos foram dados: a transformação do Posto de Recepção de Leite de Lagoa Grande em Usina e o início da pasteurização e do envasamento de leite destinado ao mercado de Brasília. A informatização da COOPATOS também aconteceu em 1985 e em 1986 foi instalada uma nova Fábrica de Sais Minerais.

Com o intuito de ampliar os conhecimentos dos seus associados acerca do cooperativismo, da administração da cooperativa e da educação cooperativista, em 1987 a cooperativa implantou o Comitê Educativo da COOPATOS e em 1988 o cooperado ganhou ainda mais força com a criação da Cooperativa de Crédito Rural (CREDIPATOS).

Anos 90

Em 1990 a COOPATOS instalou o seu Supermercado na Rua Rui Barbosa e em 1991 foi a vez de Lagoa Grande. O ano de 1922, por sua vez, ficou marcado pela construção e pelo início das atividades da Fábrica de Queijos, anexa ao Laticínio de Patos de Minas. Em 1993 e em 1996, respectivamente, Fábricas de Rações e de Iogurte foram implantadas.

Dias atuais

Atualmente, a COOPATOS trabalha com a industrialização e com a comercialização do leite produzido pelos seus associados, bem como com o fornecimento de insumos, de bens de consumo, de equipamentos e de assistência técnica veterinária, agronômica e mecânica por meio das suas lojas agropecuárias. Devido a todo esse trabalho e aos seus investimentos constantes em tecnologia e na modernização administrativa, a COOPATOS conseguiu consolidar-se como uma das maiores cooperativas de Minas Gerais. A empresa possui, ainda, uma filial na cidade de Vazante que a torna apta para competir na economia globalizada, pelo fato de assegurar o crescimento de cada um dos seus cooperados.
Tudo isso faz da COOPATOS uma empresa sólida e respeitada por toda a sociedade, uma empresa que vê na sua administração um exemplo a ser seguido.

Homens que fizeram e fazem parte da família COOPATOS

Desde o momento da sua fundação, a COOPATOS contou com o apoio incondicional dos membros da sua Diretoria Executiva, que contribuíram enormemente para a sua evolução e para a sua consolidação no mercado. Por essa razão, seria uma honra conseguir reunir todos esses homens, que fizeram parte da história da cooperativa, em um momento especial de confraternização, no qual seria possível ouvir, durante horas, as histórias de cada um, como uma espécie de narrativa das suas trajetórias pessoais.
Ao longo das mais de cinco décadas de atuação da COOPATOS, essas pessoas não pouparam esforços em elevar o nome da cooperativa a uma posição de destaque e de respeito, juntamente com a bandeira do cooperativismo. Mesmo que muitos deles já tenham falecido e outros não morem mais em Patos de Minas, onde quer que estejam têm a certeza de que a família COOPATOS fez e faz tudo o que está ao seu alcance para que a cooperativa cresça unida.